Rio tem 39 presos e mais de cem detidos por crimes eleitorais

De acordo com o TRE, o principal delito cometido é a boca de urna

Daniel Gonçalves, especial para o iG |

Até 13h deste domingo (3), 39 pessoas haviam sido presas em todo o Estado do Rio de Janeiro. Do total, 30 cometeram boca de urna e, o restante, propaganda eleitoral irregular. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeirio (TRE-RJ), 95 ocorrências foram registradas.

Cerca de 100 pessoas foram detidas na zona oeste da capital fluminense e encaminhadas para a 36ª DP (Santa Cruz) por cometerem crimes eleitorais, como boca de urna, retenção de título eleitoral e tentativa de aliciar cabos eleitorais. Elas foram levadas para a delegacia em quatro ônibus.

De acordo com o corregedor regional Eleitoral Luiz de Mello Serra, o grupo foi detido nos bairros de Padre Miguel, Bangu, Santa Cruz, e Campo Grande. Outras onze pessoas foram detidas em diversas partes da Região Metropolitana do Rio.

O TRE-RJ atua neste domingo com 45 fiscais no município do Rio.

    Leia tudo sobre: presoseleições rjcrimes eleitorais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG