Rio: Sérgio Cabral é recebido com manifestação pró-Garotinho

¿Peregrino vai mostrar a corrupção no governo Cabral¿, diz Anthony Garotinho ao chegar no debate da Band no Rio

Flavia Salme e Nara Alves, iG Rio de Janeiro |

A chegada dos candidatos ao governo do Rio ao debate na Band, em Botafogo, na zona sul da capital fluminense, foi marcada por manifestações contra o atual governador e candidato à reeleição, Sérgio Cabral (PMDB). Cerca de 50 militantes que apoiam o candidato Fernando Peregrino, indicado pelo ex-governador Anthony Garotinho, gritavam “fora Cabral” e estendiam faixas chamando o governador de “traidor”.Os manifestantes cantaram “Cabral pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão”, uma paródia da música “Vou Festejar”, famosa na voz de Beth Carvalho. Garotinho era do PMDB e teve Cabral como sucessor no governo do estado.

Ao chegar, o ex-governador Anthony Garotinho, candidato a deputado federal pelo PR, deu pistas de como seu candidato irá se comportar no debate. “Ele (Peregrino) vai mostrar para população as falcatruas, as irregularidades graves e a incompetência de Cabral”, adiantou.

“O debate é um momento de se colocar o governo corrupto que vem sendo realizado no Rio de Janeiro, incompetente e despreparado que vai ser visto a partir de hoje”, afirmou. Garotinho chegou acompanhado de sua filha, a vereadora Clarissa Garotinho, que concorre a uma vaga na Assembleia Legislativa.

Sérgio Cabral chegou sem falar com a imprensa. Ele estava acompanhado do vice-governador Fernando Pezão (PMDB), do prefeito Eduardo Paes (PMDB) e o senador Francisco Dornelles (PP). O vice-governador afirmou que Cabral irá ressaltar as realizações de seu governo, como as Unidades de Polícias Pacificadoras e as Unidades de Pronto Atendimento.

Contrastando com a numerosa militância de Cabral e Peregrino, meia dúzia de militantes com algumas bandeiras também recepcionaram o candidato do PV, Fernando Gabeira, na entrada da emissora. Ele chegou sem falar com os jornalistas.

Já o candidato de Jefferson Moura (PSOL) afirmou que pretende se tornar conhecido da população. Disse que irá mostrar como foi o governo Cabral, mas que trará propostas para a administração fluminense.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG