Reeleição de governadores foi recorde neste ano

O número de reeleitos é um recorde, já que nos anos anteriores no máximo nove governadores conseguiram se reeleger na 1ª etapa

Cíntia Acayaba, iG São Paulo |

Nestas eleições, dez governadores se reelegeram no primeiro turno, um recorde em relação aos pleitos anteriores. Dezenove chefes dos Estados tentaram o feito. Em 1998, um ano após entrar em vigor a emenda da reeleição, oito governadores se mantiveram no cargo logo no 1º turno. Em 2002, o número caiu para cinco e, em 2006, nove governadores se reelegeram na primeira etapa.

No último domingo, Eduardo Campos (PSB) foi reeleito governador de Pernambuco com o maior percentual de votos válidos entre as unidades da federação: 82,8%. Além de Pernambuco, mais nove Estados continuaram com seus governadores logo no primeiro turno: Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Sergipe.

O levantamento contabiliza governadores que assumiram cargos após o início do mandato, em 2006, como é o caso de Minas Gerais, em que Antonio Anastasia (PSDB) assumiu a vaga deixada por Aécio Neves (PSDB), que saiu para concorrer ao Senado. A mesma situação ocorre em Mato Grosso, em que Silval Barbosa (PMDB) tornou-se governador do Estado depois que Blairo Maggi (PR) deixou o cargo para disputar cargo de senador. Roseana Sarney (PMDB) foi reeleita apesar de Jackson Lago (PDT) ter assumido em 2006. Ele teve o mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Para o cientista político Celso Roma, o fato de de o eleitor não querer desperdiçar o voto em algum candidato que se identifica, mas não tem chances de vencer, influencia no aumento de decisões no primeiro turno. "O eleitor atribui cada vez mais valor ao cálculo para não desperdiçar voto (numa terceira via menos competitiva). Esses votos não se pulverizam em cinco ou seis candidatos”, explica.

Roma diz que a polarização das alianças em torno do PT e do PSDB neste ano foi mais acirrada em relação a disputas anteriores. A polarização é neutralizada justamente em Estados onde há candidatos competitivos de partidos que optaram por não se coligar com os candidatos do PT ou do PSDB no plano nacional.

Ainda há mais cinco governadores que podem se reeleger em 2010. Os candidatos à reeleição de Alagoas, Pará, Paraíba, Rondônia e Roraima estão no segundo turno. No Amapá, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Tocantins, os atuais governadores já foram derrotados nas urnas.

Outro recorde nestas eleições foi o número de governadores eleitos no primeiro turno: 18. Em 1998, pouco mais da metade dos governadores (14) foi eleita no segundo turno. Na eleição seguinte, o número foi ainda menor: 13. Em 2006, as eleições foram encerradas mais cedo em 17 regiões – um recorde até então. O levantamento do iG tomou por base informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

* Colaboraram Matheus Pichonelli e Piero Locatelli

    Leia tudo sobre: eleições estados

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG