PT vai ao STF contra obrigatoriedade de 2 documentos para votar

Partido entra com Ação Direta de Inconstitucionalidade contra necessidade de título de eleitor e documento com foto para votar

iG São Paulo |

O PT protocolou hoje uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a obrigatoriedade do eleitor levar título de eleitor e outro documento para votar. Novidade nesta eleição, a necessidade de dois documentos foi prevista pela reforma eleitoral votada no último ano.

Segundo a ação protocolada pelo partido, “o eleitor brasileiro está habituado a votar apresentando apenas um documento válido de identificação civil” e a nova regra seria desconhecida por parte dos eleitores. O temor do partido é de que haja maior abstenção entre as camadas mais pobres da população.

A informação foi adiantada pela colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: pleito 2010ptstfeleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG