PT tenta viabilizar ex-PM para vice de Mercadante

Atrás de "voto conservador", partido discute entrada do deputado Major Olímpio (PDT-SP) na chapa para o governo estadual

Agência Estado |

A menos de uma semana para a convenção do PDT paulista, marcada para o próximo sábado, o PT de São Paulo busca viabilizar o deputado estadual Major Olímpio (PDT-SP) na vice da chapa de Aloizio Mercadante em busca do "voto conservador". Olímpio é a indicação definitiva do PDT para que a aliança com os petistas não caia por terra na corrida ao Palácio dos Bandeirantes.

O deputado Paulo Pereira da Silva, presidente estadual do PDT, já deu um ultimato à campanha de Mercadante e disse que, "se encher o saco", lança candidato próprio.

Agência Senado
Senador Mercadante no Congresso Nacional
Na avaliação de membros da campanha petista, Olímpio, ex-capitão da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), poderia levar o discurso da segurança pública às ruas e conquistar um eleitorado concentrado na classe média que tem, historicamente, aversão ao PT no Estado.

Por outro lado, setores do partido estão reticentes quanto ao seu nome, por temer que a associação de Mercadante com Olímpio traga prejuízos nas urnas. Segundo essa avaliação, o ex-capitão poderia causar repulsa ao eleitor tradicional do PT.

Olímpio já afinou seu discurso com críticas às gestões tucanas no Estado. O PT paulista, sob carregada agenda de reuniões, nega pressa na aprovação do ex-capitão para a vice. "Trabalhamos com tranquilidade", afirmou Edinho Silva, presidente estadual do partido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: EleiçõesSão PauloMercadantePDT

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG