Para Dutra, declarações de empresário são mais uma " tentativa de forjar" envolvimento do PT e da campanha no caso Erenice Guerra

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, anunciou, nesta quinta-feira, durante entrevista coletiva em Brasília, que o Partido dos Trabalhadores vai pedir à Polícia Federal a abertura de inquérito para apurar acusação consultor Rubnei Quicoli, publicada, hoje, pela Folha de S. Paulo, de que durante suposta negociação de empréstimo junto ao BNDES teria sido pedida contribuição financeira para a campanha de Dilma Rousseff.

Segundo Dutra, as declarações são mais uma "tentativa de forjar" envolvimento do PT e da campanha com o caso da ex-ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, que deixou o governo hoje, depois de mais uma denúncia sobre suposto lobby feito pelo filho dela, Israel Guerra.

Dutra disse ainda que entrará com uma representação criminal contra o consultor na Justiça jpara apurar crimes de calúnia e difamação contra o Partido dos Trabalhadores, e uma ação cível indenizatória por danos morais a ser proposta em Brasília pelo PT.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.