PT nunca teve ligação com as Farc, afirma Dilma

Candidata do PT à Presidência da República ironiza adversários e afirma que estratégia da oposição é a de 'criar o medo'

Andréia Sadi, enviada a Florianópolis |

A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff , negou nesta quinta-feira que tanto o Partido dos Trabalhadores como a sua campanha presidencial tenham qualquer ligação com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

A candidata foi questionada sobre qual seria sua posição quanto à guerrilha do país vizinho caso venha a ganhar as eleições. Dilma ironizou a estratégia da oposição de levantar este tema, afirmando tratar-se de "estratégia de quem não tem projeto". Segundo ela, é a estratégia do "vamos criar o medo".

A polêmica ganhou contornos maiores no mês passado, quando o deputado demista Indio da Costa, candidato a vice-presidente na chapa do tucano José Serra , fez as declarações de que o PT era ligado às Farc e ao narcotráfico. Logo em seguida, o parlamentar retirou a acusação quanto ao narcotráfico, mas manteve o discurso de que o partido mantinha relações com a guerrilha.



    Leia tudo sobre: eleições dilmaptfarc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG