PSOL oficializa candidaturas de Ruas e Marliane no RS

Convenção estadual do partido confirma os nomes que disputarão as eleições deste ano

Agência Estado |

O PSOL gaúcho realizou, neste sábado, sua convenção estadual. Na reunião, que contou com a presença de 400 lideranças e filiados, foi oficializada a candidatura de Pedro Ruas ao governo do Estado, e sua vice, a dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do RS (Cpers/Sindicato) Marliane Ferreira dos Santos, primeira mulher negra a disputar o Piratini.

Advogado e vereador de Porto Alegre, Ruas é um dos principais oposicionistas do governo de Yeda Crusius (PSDB). No ano passado, ele, juntamente com a deputada federal Luciana Genro - que busca a reeleição -, divulgaram importantes denúncias contra a governadora, que acabaram sendo confirmadas por uma investigação do Ministério Público Federal. Ruas, ao lado da direção do partido, também registrou o primeiro pedido de impeachment de Yeda, em 2008.

O PSOL oficializou ainda dois nomes para os cargos de senadores. Bernadete Menezes, conhecida como "Berna", é coordenadora da Associação dos Servidores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Assufrgs) e, em 2003, concorreu a vereadora em Porto Alegre pelo PT. Já Luis Carlos Lucas é professor de Ciência Política da Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) e foi candidato a prefeito naquela cidade.

No encontro deste sábado, o PSOL discutiu ainda o conjunto de diretrizes que formarão o plano de governo. Elas estão divididas em dois eixos: o combate à corrupção, bandeira levantada pelo partido desde sua criação, e a revisão e suspensão do pagamento da dívida do Estado com o governo federal.

O conjunto de propostas será divulgado nesta semana durante encontros com movimentos sociais e entidades de classe.

    Leia tudo sobre: PSOLRio Grande do Suleleições

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG