Propaganda eleitoral gratuita começa com poucas propostas no PA

Poucos aproveitaram horário no rádio e na TV para falar de projetos de governo. Quem não criticou falou de sua biografia.

Pollyanna Bastos, iG Pará |

No primeiro dia do horário eleitoral gratuito na disputa para ao Governo do Pará foram poucos os candidatos que divulgaram programas de governo. Os candidatos que disputam o cargo pela primeira vez, Fernando Carneiro (PSOL), Cleber Rabelo (PSTU) e Domingos Juvenil (PMDB) usaram o tempo para falar de suas biografias.

O programa de Juvenil trouxe o testemunho de Jader Barbalho. Ele lembrou que o candidato teve infância pobre no interior do Estado, mas mesmo assim se tornou presidente da Assembleia Legislativa. O ex-governador Almir Gabriel, que rompeu recentemente com o PSDB, disse que Juvenil “é a melhor opção atual para o Estado".

Simão Jatene (PSDB) disse que o povo estar cansado do governo petista e a volta do PSDB seria a solução. Jatene citou obras realizadas durante seu mandato (2003 a 2006), como a construção de cinco hospitais regionais. E criticou o governo de Ana Júlia: falou de insegurança, abandono dos hospitais e da perda da sede da Copa de 2014 para Manaus.

A governadora e candidata Ana Júlia Carepa (PT) destacou suas realizações, projetos de infraestrutura e dos investimentos que conseguiu para o Estado. Ela também criticou o PSDB. Quando assumiu em 2007 – lembrou – o governo estava desarrumado. E garantiu ter o apoio do presidente Lula e Dilma Roussefrf para continuar fazendo projetos no Pará.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG