Presidiários do Amazonas votarão em outubro

A exemplo dos 20.099 detentos catalogados em todo país, os 588 prisioneiros amazonenses também vão exercer o direito ao voto

Menezes y Morais, iG Brasília |

O estado do Amazonas tem 588 presos provisórios aptos a votar nas eleições de 3 de outubro, conforme o juiz da propaganda eleitoral Carlos Zamith Júnior. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o Tribunal Regional Eleitoral (TER) montaram operação específica para cadastrar os detentos, acrescentou. Em todo o País, 20.099 presos votarão neste ano.

O juiz Zamith Júnior informou ainda que o TSE vai instalar urnas eletrônicas na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat) e Unidade Prisional do Puraquequara (UPP). Dos 751 detentos da Cadeia Vidal Pessoa, 305 vão poder votar, sendo 244 homens e 61 mulheres.

Na UPP, 126 do total de 564 presos participam destas eleições. 155 provisórios do Ipat estão aptos para votar, do total de 464. Juntas, as três unidades prisionais têm 1.779 detentos. Eles poderão assistir à propaganda eleitoral gratuita no rádio e televisão, mas não terão acesso a outros eventos da campanha.

“Seria inviável levar cada preso para votar em sua sessão de origem, demandaria muita segurança. Decidimos concentrar a votação nas cadeias. O setor de informática fez o ajuste nas urnas, que já saem do TRE programadas para receber o voto dos presos, como acontece em todas as Zonas Eleitorais”, concluiu Zamith.

    Leia tudo sobre: amazonaseleições 2010presidiários

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG