Presidente do TRE descarta possibilidade de segundo turno em SP

Soma dos votos do PSOL e do PSTU não impede voto de Alckmin no primeiro turno

Daniela Almeida, iG São Paulo |

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), Walter de Almeida Guilherme, descartou a possibilidade de um segundo turno em São Paulo. Com 99,89% dos votos apurados, o candidato tucano Geraldo Alckmin ganha a eleição em primeiro turno com 50,64% dos votos válidos no Estado. O candidato do PT, Aloizio Mercadante, segundo colocado na eleição, obteve 35,22% dos votos válidos.

A questão do segundo turno estava sendo levantada por advogados da campanha petista por causa da impugnação das candidaturas de Paulo Bufalo, do PSOL, e de Luiz Carlos Prates Mancha, do PSTU. Os votos dos dois somavam 92.214 votos - ou 0,4% dos votos válidos - foram barrados no TRE-SP por problemas com a documentação no registro.

De acordo com o presidente do tribunal, esses votos foram computados em um banco de dados a parte a aguardam julgamento do Tribunal Superior Eleitoral. Segundo especialistas, descontado o 0,4% dos dois candidatos dos 50,64% de Alckmin, o tucano ainda assim se elegeria por uma margem de 0,24%. Segundo a legislação, seria um resultado suficiente para eleger o tucano no primeiro turno já que o candidato teria atingido a maioria de 50% dos votos válidos mais um voto.

De acordo com o advogado especialista em Direito Eleitoral, Hélio Silveira, “mesmo essa diferença não pode ser questionada”. A única possibilidade de a eleição ser contestada por advogados de outros partidos seria no caso de haver algum problema com alguma urna ou alguma ocorrência em ata ou voto em duplicidade. “Até poderia, mas teria que encontrar essas situações”, afirmou.

O presidente do TRE-SP negou saber que o presidente do TSE, Ricardo Lewandowiski, esteja em São Paulo e descartou qualquer possibilidade de rever o resultado. “Não há razão nenhuma para recontar os votos”, disse Guilherme. Ele também avaliou que a apuração em São Paulo este ano foi em tempo recorde porque ele havia anunciado anteriormente uma expectativa de que o resultado sairia depois da meia-noite, mas o resultado vai sair antes disso.
Daniela Almeida

    Leia tudo sobre: eleições spalckminmercadantetre-sp

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG