José Eduardo Dutra afirmou que esse é um assunto dos tucanos e que o PT deve se preocupar apenas com a campanha de Dilma Rousseff

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, disse hoje em Fortaleza que a dificuldade na escolha do vice na chapa do candidato José Serra (PSDB) é irrelevante para o PT. "Isso é assunto deles e estamos preocupados com a nossa campanha", afirmou, no encerramento do Encontro Estadual do PT.

Para Dutra, a campanha de Dilma deve seguir o "projeto de continuidade com mudança para melhor do presidente Lula". Ele esteve hoje pela manhã em João Pessoa (PB) e à noite vai para Maceió (AL) divulgar as propostas de Dilma em encontros petistas.

"Vamos esquecer o outro lado e cuidar de nossa campanha. Porque não dá para vacilar", disse Dutra ao lado do governador do Ceará, Cid Gomes (PSB) e dos candidatos ao Senado, os deputados federais Eunício Oliveira (PMDB) e José Pimentel (PT).

Para o presidente nacional do PT, a campanha é difícil, "mas temos que fazer barba, cabelo e bigode". Segundo ele, Dilma Rousseff "não pode sofrer o que o Lulinha sofreu no Senado, fazendo senadores comprometidos com o projeto do PT".

Dutra revelou que Dilma já telefonou para o deputado federal Ciro Gomes (PSB) para ele se engajar na campanha. "Esperamos que isso aconteça, pois Ciro tem muito a dar para a futura presidenta do Brasil". Ciro, que foi rejeitado pelo PSB na intenção de se candidatar este ano a presidente, ainda não respondeu se estará na campanha de Dilma.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.