Policial barra delegada no MS por adesivo de Zeca do PT

Servidora denuncia arbitrariedade no funcionalismo público do Estado e aciona advogados para que tomem providências

Agência Estado |

selo

A delegada da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, Sidnéia Catarina Gonçalves Tobias, foi barrada, na manhã de hoje, ao chegar no seu local de trabalho, em Campo Grande, por ter no carro um adesivo do Zeca do PT. O ex-governador disputa o governo do Estado junto com o atual governador, André Puccinelli (PMDB), candidato à reeleição.

Segundo o policial militar que fez a abordagem, para que ela pudesse entrar no local, o adesivo colocado no vidro retrovisor do automóvel deveria ser retirado. O escritório dela está localizado dentro do terreno do quartel da Polícia Militar (PM).

Sidnéia foi obrigada a utilizar um outro acesso, evitando a passagem pelo terreno da PM. "Tirei fotos de outros carros no pátio da PM, adesivados por simpatizantes da coligação do atual governador, e entreguei ao meu advogado para tomar as devidas providências", disse a delegada. "Isso é uma arbitrariedade", criticou.

    Leia tudo sobre: eleiçõesmato grosso do sulzeca do pt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG