Investigação quer saber quem utiliza presidente para pedir votos para candidatos a vários cargos; eleitores reclamaram ao Palácio

selo

O Palácio do Planalto investiga quem seriam os responsáveis por disparar ligações para números aleatórios em todo o País com voz do presidente Luiz Inácio Lula da Silva pedindo votos para candidatos a vários cargos nas eleições de domingo. As ligações com as vozes, além da de Lula, de diferentes candidatos para os telefones dos eleitores, foram divulgadas pela Rádio Bandeirantes na manhã desta terça-feira, quando foi divulgado o número do Palácio do Planalto para que os insatisfeitos reclamassem.

A quantidade de telefonemas foi tanta que assessores presidenciais decidiram destacar pelo menos duas telefonistas para atender especificamente estas reclamações, já que elas estavam congestionando a central. As telefonistas foram instruídas a conversar com as pessoas e explicar que não se tratava de uma voz do presidente e que o governo investiga de onde partiram as ligações.

Elas pedem que as pessoas colaborem informando seu número para que fosse checada a origem dos telefonemas. A investigação busca localizar em que cidade e local funciona a central telefônica pirata e se ela é apenas uma ou várias.

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.