PF investiga crimes eleitorais no Amazonas

Policia Federal diz que as eleições de 2010 provocaram 25 inquéritos, a maioria sobre compra de votos

Eduardo Asfora, iG Amazonas |

De julho a agosto deste ano, a Polícia Federal no Amazonas (PF-AM) abriu 25 inquéritos para investigar possíveis crimes eleitorais, 20 em Manaus capital e cinco nos municípios de Coari, Tefé e Alvarães. Ao todo, foram 75 procedimentos, no Estado, para analisar este tipo de denúncia.

Apesar dessas análises, o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) classificou as eleições como tranquilas, comparando com os anos anteriores e as ocorrências registradas são normais em períodos de eleições. De acordo com informações do PF, o número de inquéritos era de 12 no primeiro turno.

Esse percentual dobrou até o final das eleições do dia 31 de outubro. Em mais de 80% dos casos, as investigações são sobre compra de votos. Segundo o artigo 299 do Código Eleitoral, caso seja confirmado crime, o autor pode pegar até quatro anos de prisão e perder a diplomação, se for eleito.

    Leia tudo sobre: eleições ampf amtre amcompra de votos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG