PE: Jarbas critica infra-estrutura e diz que Campos mente

Eduardo Campos diz que não governa olhando para trás e critica política do ódio

Ana Carolina Dias, iG Pernambuco |

Em entrevista para uma rádio local, o senador, Jarbas Vasconcelos (PMDB), candidato ao governo de Pernambuco, voltou a subir o tom contra a atual gestão de Eduardo Campos. Segundo Vasconcelos, o governador “mente” no que se refere à administração que os dois exerceram em Pernambuco.

Jarbas afirma que encontrou um Estado arrasado e que, através do saneamento das contas, arrumou a casa. “Investimos muito em estradas, água, em projetos de modernização do aeroporto, em Suape”, disse ele em resposta às recentes declarações do governador que chegou a dizer que ‘Pernambuco nasceu em 2007, ou seja, no início do atual governo’.

Em sua defesa, o peemedebista ainda citou projetos como a criação da Secretaria de Defesa Social, ressaltou que seu governo ‘tinha a transparência que este não tem’ e criticou ainda a política de saúde da atual gestão. “O Hospital Regional de Arcoverde, por exemplo, está semi-paralisado”, argumentou.


Em resposta, o governador-candidato, Eduardo Campos (PSB) comentou, durante
caminhada na cidade de Salgueiro, localizada na mata sul do Estado, que não perdeu, nem perde tempo falando dos adversários. “Não fui eleito para governar olhando para o passado, com ódio”, afirmou, deixando clara a referência ao senador Vasconcelos.

Eduardo ainda complementa ao dizer que o tempo de ódio já passou, em alusão à sua vitória nas eleições passadas. “Derrotamos o ódio em 2006 e vamos derrotar novamente em 3 de outubro”. Sobre os ataques de seus adversários, Campos foi bastante categórico. “Quem vai responder às baixarias e os ataques a nós é o povo”. Eduardo estava acompanhado do prefeito da cidade Marcondes Sampaio e do candidato ao Senado Armando Monteiro (PSB).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG