Governador reeleito com 82,8% dos votos afirma que petista tem compromisso com Pernambuco

O governador reeleito, Eduardo Campos (PSB), deu início às articulações para ajudar na campanha da candidata do PT, Dilma Rousseff, em Pernambuco. O candidato se reúne na tarde de hoje com a candidata do PT e aliados para discutir a estratégia de campanha. Segundo Eduardo, a petista tem compromisso com ele e com o Estado.

"Eu preciso de Dilma eleita presidenta da República para poder com ela fazer as parcerias que fiz com o presidente Lula para melhorar a vida dos pernambucanos", afirmou ele. “Senão é dar com uma mão e tirar com a outra", completou. O socialista ressaltou ainda que o segundo turno permitirá que a população conheça melhor a candidata do PT. “O povo vai ter a oportunidade de saber mais sobre Dilma, ver a mulher corajosa, determinada, que cresce no desafio”, falou.

O governador de Pernambuco afirmou também que aconselhará a ex-ministra a ter tranquilidade para fazer uma campanha animada, sem espaço para desqualificação. Questionado se Dilma havia cometido alguma falha no primeiro turno, Eduardo preferiu não se pronunciar. Porém, ele lembrou que a candidata é novata na disputa eleitoral.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.