Passada a eleição, PT e PSDB começam a planejar 2012

Mercadante deve pedir conversa com Lula e Dilma para falar sobre eventual candidatura; derrotado, Serra passa a ser cotado no PSDB

Clarissa Oliveira e Piero Locatelli, iG São Paulo |

A eleição presidencial mal terminou e os principais partidos já começam a discutir internamente seus planos para 2012. Em São Paulo, maior colégio eleitoral do País, setores do PT tentam articular uma candidatura do senador Aloizio Mercadante à prefeitura, antecipando a disputa interna que pode vir a ser travada com o grupo da senadora eleita Marta Suplicy. Do lado do PSDB, a derrota do ex-governador José Serra na corrida presidencial o colocou na lista de potenciais candidatos, o que pode interferir nos planos de outros tucanos que até então eram cotados para a vaga.

Agência Estado
Mercadante e Marta chegaram a falar sobre 2012 antes da eleição deste ano, mas não chegaram a acordo

Assim que Dilma retornar da viagem que fará com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a reunião do G-20, Mercadante deve pedir uma conversa com o presidente e a presidenta eleita para pedir que lhe seja dada prioridade na disputa. Derrotado pelo tucano Geraldo Alckmin na corrida ao Palácio dos Bandeirantes, ele ficará sem mandato a partir do ano que vem.

Mercadante tenta desde antes da eleição deste ano obter uma garantia de que terá a primeira palavra na definição das candidaturas na capital paulista em 2012. Pouco depois que Lula lhe pediu que disputasse a eleição estadual, o senador chegou a se reunir com Marta para tratar do assunto, mas ouviu da ex-prefeita que era cedo demais para promessas. Além disso, Mercadante entrou na eleição sem garantia de que será incluído no ministério da presidenta eleita Dilma Rousseff , embora seu nome agora seja citado como opção para a área técnica, como na pasta de Ciência e Tecnologia.

O rearranjo feito por Lula na montagem das candidaturas para a eleição de 2010 deu a Marta a possibilidade de se eleger para o Senado. No último dia 31, ao votar no segundo turno da eleição, ela chegou a dizer que vai cumprir o mandato de senadora até o fim, ao negar que estivesse cotada para integrar o ministério de Dilma. Ainda assim, aliados de Mercadante avaliam que ela não abrirá mão de concorrer em 2012.

Se Mercadante conseguir se viabilizar e Serra optar por concorrer, a disputa municipal paulistana poderá replicar o embate para o governo de São Paulo, em 2006. Na época, Mercadante perdeu a corrida ao Palácio dos Bandeirantes para Serra.

Internamente, o tucano tem deixado claro que não decidirá agora seu futuro político. Aliados do ex-governador cogitam, para o curto prazo, a possibilidade de ele embarcar em uma temporada de estudos no exterior ou integrar o secretariado do governador eleito Geraldo Alckmin . Esta foi a receita usada por Alckmin logo após a derrota na eleição presidencial de 2006 - primeiro ele foi para os Estados Unidos, depois virou secretário de Desenvolvimento na gestão de Serra, para então disputar a corrida estadual.

Agência Estado
Derrotado nas urnas este ano, Serra não deve ter dificuldade para viabilizar candidatura se quiser disputar
Se optar por concorrer em 2012, Serra tende a se sobrepor sem dificuldades aos demais nomes que vinham sendo cotados até agora. O ex-secretário da Casa Civil paulista Aloysio Nunes era citado como uma opção, em função da votação expressiva que obteve na eleição para o Senado este ano. Por outro lado, Aloysio tende a sofrer resistências do grupo político ligado a Alckmin.

Entre os nomes que circulavam até então para a corrida municipal está ainda o do secretário de Cultura, Andrea Matarazzo. Apesar de também integrar a lista de ex-secretários de Serra na administração estadual, ele aproximou-se de Alckmin na dsiputa deste ano e também tem bom trânsito com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. A lista de interessados inclui ainda o deputado federal José Aníbal e chegou a ter o secretário de Esportes, Walter Feldman, este último eliminado após não conseguir se reeleger deputado federal.

    Leia tudo sobre: eleições sppleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG