Pará testa novo sistema de votação

Em Capanema, TRE recadastra 42 mil eleitores para testar sistema biométrico, que lê impressão digital

Pollyanna Bastos, iG Pará |

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) recadastrou quase 42 mil eleitores do município de Capanema, nordeste do estado. A cidade foi uma das 60 escolhidas em todo o Brasil para testar o sistema de votação biométrica, no qual a urna eletrônica é ativada através da impressão digital do eleitor.

O objetivo do novo sistema é garantir maior segurança ao processo eleitoral através de um reconhecimento mais preciso dos eleitores, conforme o TRE. Ao todo 189 urnas adaptadas ao reconhecimento de impressões digitais serão utilizadas no teste.

A expectativa é que em 10 anos a votação biométrica seja implantada em todo o país. Este é o segundo teste com urnas biométricas realizados no Brasil. O primeiro foi em 2008 em apenas três cidades: São João Batista (SC), Colorado D'este (RO) e Fátima do Sul (MS).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG