Para irmão de Geddel, eleição em 1º turno é certa

O presidente do PMDB da Bahia, Lúcio Vieira Lima, diz ter certeza absoluta de que o irmão, Geddel Vieira Lima vencerá no 1º turno

Aura Henrique e Lucas Esteves, iG Bahia |

O presidente do PMDB da Bahia, Lúcio Vieira Lima, afirma ter certeza absoluta de que o irmão, Geddel Vieira Lima, pré-candidato ao Governo do Estado, vencerá a disputa deste ano no primeiro turno. O partido faz nesta segunda-feira (21) sua convenção estadual para indicar oficialmente à disputa o nome do ex-ministro da Integração Nacional com a presença da candidata à Presidência Dilma Rousseff no evento, uma vez eu este é o seu segundo palanque na Bahia.

Para ele, a vitória rápida virá porque o povo baiano saberá reconhecer os benefícios da proposta peemedebista, especialmente identificadas no tempo de gestão do ministério por parte de Geddel. “Foram três anos de Ministério da Integração Nacional em uma gestão que fez muito pela Bahia. Já (Jaques) Wagner tem a máquina na mão e não fez nada”, provocou o dirigente.

Lúcio considera ainda que, mesmo em uma possibilidade de haver segundo turno, seu adversário será exatamente o atual governador, o que exclui o outro postulante do páreo, Paulo Souto (DEM). Um acordo para oferta de apoio na segunda etapa do pleito é também uma possibilidade a considerar, afirma Lúcio, mas o melhor quadro para o partido é levar o governo logo no primeiro turno.

A extensa coligação que reúne sete partidos, além do PMDB, é alvo de críticas no meio político, mas o dirigente ignora as críticas adversárias e diz que este é o papel de um grupo que deseja assumir o protagonismo definitivo da política estadual. “É isso mesmo que temos que fazer. Temos que unir forças para tentar ganhar a eleição.” A organização da convenção prevê a presença de cerca de 5 mil pessoas no Wet N’ Wild, em Salvador.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG