Pará informatiza apuração

Além de urnas eletrônicas, voto dos eleitores paraenses neste domingo tem transmissão via satélite

Pollyana Bastos, iG Pará |

Com 4.768.457 eleitores, distribuídos em 15.635 sessões, o Pará elege neste domingo um governador, um vice-governador, 41 deputados estaduais, 17 deputados federais e dois senadores. Os primeiros terão mandatos de quatro anos e os senadores, de oito anos. Cinco candidatos disputam o governo e quatro, as duas vagas no Senado.

São candidatos ao governo do Pará Ana Júlia Carepa (PT), governadora e candidata à reeleição; Simão Jatene (PSDB), Domingos Juvenil (PMDB), Fernando Carneiro (PSOL) e Cleber Rabelo (PSTU). Todos prometem progresso e bem-estar social em seus programas de governo.  

A grande extensão territorial e áreas de difíceis acesso fazem com que o estado seja um dos últimos a finalizar a apuração dos votos. Mas neste domingo será diferente, conforme o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PA), que montou esquema de transmissão de dados via satélite e da internet, a Rede Virtual Privada, para dinamizar a apuração.

Resultado sai hoje

O Tribunal Superior Eleitoral também enviou ao Pará 16 mil novas urnas eletrônicas. Os modelos de última geração vão ser utilizados no interior do estado, para evitar problemas como na eleição de 2008, quando 1/3 das urnas apresentaram defeitos e tiveram que ser substituídas.

A previsão é que este ano, todos os votos sejam contabilizados até as 23h deste domingo. O Pará também foi o estado que recebeu maior reforço das tropas federais para manter a segurança do processo eleitoral.

Hoje as tropas monitoram os 103 dos 144 municípios do estado, em parceria com 4.400 policiais militares. O gasto para estruturar o processo eleitoral no estado foi de R$ 19 milhões.

Candidatos ao Senado

O eleitor paraense tem quatro opções de candidatos ao Senado: Jader Barbalho (PMDB), Flexa Ribeiro (PSDB), Paulo Rocha (PT), Marinor Brito (PSOL) Professor Neide (PSB), Paulo Braga (PSTU), João Augusto (PSOL), Abel Ribeiro (PSTU), Savanas (PV) e Fernando Yamada (PTB).

O Estado tem 144 municípios e três senadores: Flexa Ribeiro (PSDB), José Nery (PSOL) e Mário Couto (PSDB). A economia em 2007 apresentou PIB R$ 49.507.065 (13º). A expectativa de vida: 72,2 anos. A mortalidade infantil atinge 23,7‰. Taxa de analfabetismo, 11,9%. O Índice de Desenvolvimento Humano em 2005 registrou 0,755.

Maior que Angola

O Pará é o segundo maior estado do país. Sua extensão de 1.247.689,515 km², maior que Angola. Está dividido em 144 municípios, com a criação de Mojuí dos Campos, situado no centro da região norte.Tem como limites o Suriname e o Amapá a norte, o oceano Atlântico a nordeste, o Maranhão a leste, Tocantins a sudeste, Mato Grosso a sul, o Amazonas a oeste e Roraima e a Guiana a noroeste.

A capital é Belém. É o estado é o mais populoso da região Norte. Belém, reúne em sua região metropolitana cerca de 2,1 milhões habitantes, sendo a maior população metropolitana da região Norte. Outras cidades importantes do estado são, Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Barcarena, Castanhal, Itaituba, Marabá, Parauapebas,Redenção, Santarém e Tucuruí.

    Leia tudo sobre: eleições patre patse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG