Osmar Dias fará anúncio da candidatura ao lado de Pessuti

Coligação no Paraná conta com Roberto Requião, do PMDB, e Gleisi Hoffmann, do PT, como nomes ao Senado; governador indicará o vice

Francisco Camargo, iG Paraná |

O senador Osmar Dias (PDT) anuncia oficialmente nesta quarta-feira à tarde, em Curitiba, que irá concorrer ao governo do estado. Pela manhã, a assessoria ultimava os preparativos para a entrevista coletiva e não tinha ainda fixado o horário nem o local. A entrevista deverá contar com a presença do governador Orlando Pessuti (PMDB), a quem caberá a indicação do vice. O mais cotado é o deputado estadual Caíto Quintana (PMDB). A coligação contará ainda com o ex-governador Roberto Requião (PMDB) e Gelisi Hoffmann (PT), candidatos ao Senado.

Ao se decidir pela aliança com o PMDB, PT e PSC, o senador Osmar Dias colocou um fim a um longo período de indecisão, o que só ocorreu depois de três horas de reunião com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi. Dias terá como coordenador da campanha o ex-governador Mário Pereira.

Convenção
O anúncio formal da candidatura de Osmar Dias deveria ocorrer hoje pela manhã, antes da abertura da convenção nacional do DEM, que poderá decidir o destino da aliança nacional com o PSDB, acabando com o impasse sobre a indicação do senador Alvaro Dias (PSDB) como vice na chapa de José Serra.

Alvaro admitiu ao iG que sua candidatura à vice-presidente da República deverá ser encerrada nesta quarta-feira. A decisão de seu irmão, de concorrer ao governo do Paraná com o apoio do PT, inviabilizou sua indicação como vice de José Serra. “Acho difícil manter minha candidatura a vice”, disse. Ele havia sido anunciado vice de Serra na sexta-feira, 25, após consulta a partidos aliados. O DEM, porém, vetou a composição.

    Leia tudo sobre: osmar diasorlando pessutiroberto requiãopdtpmdbpt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG