Oposição à Siqueira mostra sua cara

PMDB do Tocantins vai liderar bloco na Assembleia Legislativa, mas promete evitar confronto

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

O líder do Partido Democrático Brasileiro (PMDB) na Assembleia Legislativa do Tocantins, deputado reeleito Iderval Silva, afirmou que o seu partido vai fazer oposição civilizada ao governador eleito Siqueira Campos (PSDB).

“Em momento algum vamos partir para confronto, até porque a gente não sabe ainda qual o posicionamento do governo. Vai ser uma relação de trabalho, na qual a gente vai estar muito consciente de que o povo do Tocantins não pode ser prejudicado. Estaremos atentos e vigilantes,” acrescentou.

O PMDB elegeu 6 deputados. Junto com mais 8 de outras legendas do bloco político que apoiou o governador Carlos Gaguim (PMDB) à reeleição, vão fazer oposição ao governado eleito.

PSDB

Na próxima legislatura, Siqueira terá 10 parlamentares, contra 14 da bancada oposicionista. O deputado Raimundo Moreira (PSDB), que passará de opositor à situação, acha que o novo governo deve atuar no sentido de fazer com que a administração pública seja “protetora” e não “destruidora” do povo.

“A má gestão tem campeado nesses últimos tempos e eu acho que a melhor forma a fazer é reorganizar para dar credibilidade ao governo.” Moreira enumerou o que chama de “demandas” urgentes: “reorganização econômica do Estado, resgate da credibilidade, interna e externa, saúde pública e políticas para a juventude e as crianças.”

    Leia tudo sobre: eleições tosigueira tooposiçãopmdb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG