O vídeo foi editado, diz Secretário de Segurança

Geraldo Donizete, da PM do Tocantins, garante que aliados de Siqueira querem prejudicá-lo

Gilson Cavalcante, iG Tocantins |

O secretário da Segurança Pública de Estado do Tocantins, Geraldo Donizete, disse nesta quinta-feira que o vídeo veiculado na internet, com imagens suas batendo com uma bandeira, em um automóvel com adesivos do candidato ao governo Siqueira Campos (PSDB), “foi editado.” Donizete apoia o governador e candidato à reeleição Carlos Gaguim (PMDB).

A veiculação destas imagens foi a principal razão para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aprovar ontem o pedido de envio das tropas do Exército para garantir a segurança pública no processo eleitoral no Tocantins. Em entrevista a um blog local, Donizete afirmou que as imagens foram gravadas sábado (18) em horário fora do expediente.

“No sábado, eu passei pela Avenida JK e acompanhei por algum tempo alguns colegas meus que estavam em manifestação de campanha. Nessa ocasião, passou um amigo meu e eu, num gesto de brincadeira, fui entregá-lo uma bandeira,” justificou Donizete.

Nas imagens que foram divulgadas na sessão do TRE na noite de ontem não aparece o secretário conversando com o motorista do carro, o que, no seu entendimento, “é a evidência de que as imagens foram editadas, com o propósito de me prejudicar. Estamos em um processo eleitoral intenso, no qual estão usando de tudo”.

O secretário de Segurança Pública lembrou que apesar da função que exerce ele é um cidadão. “Todo cidadão tem direito de manifestar a preferência por um candidato”, ponderou. Diante o fato, o procurador Regional Eleitoral João Gabriel considerou que o Secretário de Estado não teria “isenção” para comandar seus subordinados no processo eleitoral.


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG