O que o eleitor precisa saber antes de votar

É necessário ficar atento ao horário de votação (das 8h às 17h) e à ordem correta dos cargos em disputa

iG São Paulo |

Neste domingo, antes de se dirigir às urnas, os eleitores devem se lembrar de levar um documento de identificação com foto para o local de votação. Vale documento de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista, certificado de reservista ou passaporte. A apresentação do título de eleitor não é necessária.

O período de votação, tanto para o primeiro turno quanto para o segundo, é das 8 horas às 17 horas, considerando sempre o horário local. Caso haja filas após às 17 horas, os eleitores que estiverem aguardando na seção eleitoral receberão senhas para votar.

A fim de agilizar o processo e evitar filas, já que neste ano são seis os cargos a serem escolhidos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recomenda que os eleitores levem consigo uma “cola” com os números dos postulantes anotados.

Antes de votar, veja algumas dicas. Para tirar todas as suas dúvidas, consulte o Guia do Eleitor

Fique atento à ordem dos cargos em votação.
Neste ano, serão votados seis candidatos. Prepare sua cola considerando a seguinte ordem: 1º voto: deputado estadual ou distrital, 2º voto: deputado federal; 3º voto: senador - primeira vaga; 4º voto: senador - segunda vaga; 5º voto: governador de Estado ou do Distrito Federal; e 6º voto: presidente da República.

Não vote duas vezes no mesmo candidato ao Senado
Se isso acontecer, o segundo voto será considerado nulo pelo sistema.

Se não estiver na cidade de votação, é preciso se justificar
O eleitor que estiver fora de seu domicílio eleitoral no dia do pleito terá de justificar sua ausência comparecendo a qualquer seção eleitoral munido do requerimento de justificativa eleitoral (que pode ser feito pelo site do TSE), do título de eleitor e de um documento com foto. A justificativa também pode ser apresentada nos 60 dias posteriores à eleição. É importante lembrar que primeiro e segundo turnos são eleições independentes, portanto é necessária uma justificativa para cada votação.

Não leve o celular à urna
Telefones celulares (mesmo desligados ou deixados no sistema vibratório) e outros aparelhos eletrônicos não podem ser levados à cabine de votação. Eles devem ser deixados com o mesário e retirados na saída.

É permitido vestir camiseta com propaganda do candidato
Não há nenhum impedimento de que o eleitor vista camisetas, bonés ou qualquer outro acessório em favor de seus candidatos no dia da eleição, com exceção dos mesários. No entanto, é proibido tentar influenciar as pessoas presentes na seção eleitoral.

Lembre-se: o voto nulo ou em branco não serão considerados válidos
Tanto o voto branco como o voto nulo não são considerados válidos , já que não são endereçados a nenhum candidato ou legenda . Sendo assim, tanto um quanto o outro não são contabilizados para o resultado eleitoral. No entanto, quanto maior o volume de votos brancos ou nulos, menor será a necessidade de votos válidos para que um candidato seja eleito. Somente a anulação de 50% mais um dos votos inicialmente válidos podem prejudicar uma eleição.

    Leia tudo sobre: eleiçõesguia do eleitordúvidas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG