O peemedebista Confúcio Moura é eleito em Rondônia

Candidato obteve 58,87% dos votos com 98,39% das urnas do Estado apuradas; Cahulla ficou com 41,13%

Menezes y Morais, iG Brasília |

O médico Confúcio Moura (PMDB) foi eleito governador de Rondônia com 58,87% dos votos, com 98,39% das urnas apuradas. O governador João Cahulla (PPS) ficou com 41,13% das preferências. As abstenções representaram 25,61%. No primeiro turno, os dois concorreram com Eduardo Valverde Araújo Alves (PT), Expedito Gonçalves Ferreira Junior (PSDB) e Marcos Augusto Gomes Sussuarana (Psol).

Confúcio Moura não apresentou suas propostas de governo durante a campanha eleitoral. Conforme a imprensa do Estado, tanto ele como Cahulla protagonizaram uma campanha recheada de denúncias mútuas. Cahulla criticou Moura de aliar-se ao ex-deputado Carlão de Oliveira, segundo ele responsável “pelas demissões de 10 mil servidores” do Governo Bianco.

Moura negou diversas vezes que pretenda nomear o ex-deputado – caso fosse reeleito, contrariando as informações que circulam nos bastidores políticos de Porto Velho (capital) – de que indicaria Carlão para dirigir o Detran no Estado. Moura concentrou críticas ao adversário classificando Cahulla como “despreparado.”

No primeiro turno, Moura obteve 43,99% dos votos. Cahulla teve 36,9% das escolhas. O candidato do PPS assumiu o governo do Estado em 31 de março de 2010 com a saída de Ivo Cassol (PP) para disputar uma vaga para o Senado. Ambos fizeram uma campanha coligada.

Perfil

Médico e professor, o eleito trocou a medicina e o magistério pela política. Confúcio Aires Moura nasceu em Dianópolis (TO) em 16 de maio de 1948. Iniciou na vida pública como Deputado Federal (1995-1999) e na eleição seguinte (1999-2003) foi reconduzido. O terceiro mandato foi entre 2003 e 2007.
É casado com a médica Maria Alice Silveira Moura, com quem duas filhas, Bárbara de Paula Silveira Moura (médica) e Débora de Paula Moura Martins (odontóloga). As filhas lhe deram as netas Isadora, Beatriz e Rebeca.

    Leia tudo sobre: Eleições RO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG