'Nós estamos no século 21', diz Dutra sobre aborto

Já para Vacarezza (PT), José Serra está provocando uma "guerra religiosa" ao explorar temas como aborto na campanha

Ricardo Galhardo, iG São Paulo |

O presidente nacional do PT e coordenador da campanha de Dilma Rousseff à Presidência da República, José Eduardo Dutra, afirmou que presidenciável não vai focar por muito tempo a questão do aborto.

“A Dilma já falou sobre isso e tem que passar para outros temas. Espero que o aborto não seja o tema central da campanha, porque, pelo amor de Deus, nós estamos no século 21. A Dilma já deixou claro qual é sua posição sobre esse tema”, afirmou.

Para Cândido Vacarezza, líder do governo na Câmara dos Deputados, José Serra, candidato tucano à Presidência, está provocando uma “guerra religiosa” ao explorar temas como o aborto na sua campanha eleitoral.

“O Serra estimula a divisão do País, a guerra religiosa, a baixaria na internet e na TV por falta de propostas. Nós vamos fazer uma campanha de propostas”, afirmou.

As declarações ocorreram em evento promovido pelo PT de São Paulo no Palácio do Trabalhador, no qual Dilma deve participar. Aliados políticos, integrantes do partido, movimentos sociais, representantes da União Nacional dos Estudantes (UNE), do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e também lideranças cristãs, tanto católicas como evangélicas, participam do ato.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG