No Rio Grande do Sul, PMDB faz últimos acertos para convenção

Oficialização de candidaturas do partido, no sábado, soma-se a anúncios do PSOL, PV e PTB para encerrar período de especulações

Alexandre Haubrich, iG Porto Alegre |

A executiva do PMDB do Rio Grande do Sul, representada pelo secretário-geral, deputado Eliseu Padilha, e pelo tesoureiro, Rospide Neto, participou nesta quarta-feira, de reunião com a bancada estadual do partido para acertar detalhes da convenção estadual do partido, que ocorre no próximo sábado, 26, em Porto Alegre.

A convenção do partido, que deve manter-se neutro no primeiro turno da disputa presidencial, oficializará a candidatura de José Fogaça, e soma-se à oficialização das candidaturas de Pedro Ruas (PSOL) e Montserrat Martins (PV) e a desistência – ou “adiamento”, como alguns petebistas preferem chamar – do lançamento da candidatura de Luís Augusto Lara (PTB) para encerrar o período de especulações e definir quem os gaúchos poderão escolher como governador em 2010.

A atual governadora, Yeda Crusius (PSDB), vai colocar à prova nas urnas as pesquisas que a indicam como governadora com menor aprovação no país e a tiram do segundo turno. Segundo as pesquisas mais recentes, a velha polarização entre PT e PMDB está de volta às eleições estaduais, com o ex-prefeito de Porto Alegre, José Fogaça (PMDB) e o ex-ministro da Justiça, Tarso Genro (PT).

Após o anúncio, no início da semana, de que Lara não irá concorrer ao governo do estado em 2010 e que a aliança com o DEM valerá, neste ano, apenas nas eleições proporcionais, os dois partidos afirmaram que não irão posicionar-se no primeiro turno, mas devem escolher um candidato para apoiar na possível segunda etapa do pleito.

Uma vez que o atual vice-governador, Paulo Feijó (DEM), tornou-se uma das grandes figuras da oposição, ficou clara a importância da indicação de um vice que compactue dos projetos do futuro governador.

Yeda Crusius, depois de oscilar entre diversos possíveis nomes do PP, fechou com Berfran Rosado, presidente estadual do PPS. Nas últimas eleições, em 2008, Rosado também foi candidato a vice, na chapa de Manuela D’Ávila, do PC do B.

Já o vice de Tarso Genro será Beto Grill (PSB), ex-prefeito de Cristal e São Lourenço do Sul, enquanto José Fogaça terá o deputado federal Pompeo de Mattos (PDT) como candidato a vice-governador. As últimas candidaturas a vice anunciadas foram Luís Carlos Evangelista (PV) e Marliane Ferreira dos Santos (PSOL).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG