Tanto no parlamento estadual quanto no federal, maioria dos representantes maranhenses é da base governista

Acompanhando a tendência de eleições anteriores, a Assembleia Legislativa maranhense apresentou 45% de renovação nas eleições de domingo passado. Dos 42 deputados eleitos, apenas 24 exerciam mandato este ano. Já na bancada na Câmara dos Deputados, a mudança de nomes foi de 33% - seis das 18 legislaturas são novas.

Tanto no Parlamento estadual quanto no federal, a maioria dos representantes maranhenses é da base governista. Do total de eleitos para a Assembleia Legislativa, 30 deputados apoiam a governadora reeleita Roseana Sarney (PMDB-MA), contra 13 de partidos de oposição. Na Câmara Federal, 13 dos 18 candidatos eleitos compunham a coligação “O Maranhão não pode parar”, que elegeu Roseana.

O grande percentual de modificação dos componentes da Assembleia Legislativa maranhense deve-se também ao fato de que dez dos 18 ex-deputados optaram por não concorrer no pleito deste ano, alguns por incidirem na Lei Ficha Limpa e outros por terem decidido encerrar a carreira política, como é o caso de Helena Heluy (PT-MA), que encerra o terceiro mandato como deputada estadual junto com a vida política.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.