No exterior, votação acaba em 27 cidades

Segundo TSE, os primeiros brasileiros a votar foram os moradores da cidade de Wellington na Nova Zelândia

Priscilla Borges, iG Brasília |

Até às 12 horas da manhã deste domingo, 25 mil eleitores que morarm no exterior já cumpriram o dever cívico de votar. Às 8 horas deste domingo, quando a votação do segundo turno das eleições começou no Brasil, mais de 15 mil brasileiros residentes no exterior já haviam votado. Os primeiros eleitores a votar foram os moradores da cidade de Wellington, na Nova Zelândia. A votação no país começou às 17 horas deste sábado. Em seguida, os eleitores da Austrália foram às urnas, seguidos por Japão e China. Mais de 200 mil eleitores devem votar fora do País.

De acordo com balanço divulgado há pouco pelo TSE, a votação no exterior já foi encerrada na Nova Zelândia, Austrália (duas cidades), Coréia, Japão (nove cidades), Timor Leste, Cingapura, China (três cidades), Filipinas, Hong Kong, Malásia, Taiwan, Tailândia e Indonésia. Os dois últimos países terminaram o processo exatamente às 8 horas, quando a votação tinha início no Brasil.

Os últimos brasileiros que vivem no exterior que votarão para a escolha do novo presidente do Brasil serão os moradores de São Francisco, nos Estados Unidos. A votação na cidade norte-americana começará às 13 horas de Brasília. O maior colégio eleitoral brasileiro fora do País está em terras norte-americanas. Há mais de 66 mil eleitores cadastrados para votar em dez localidades do país. Nova York é a cidade com mais eleitores: 21.076.

Haverá votação em 156 cidades em todo o mundo. Como no Brasil, os eleitores terão entre 8 horas e 17 horas em cada país para votar. O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal é o responsável pela organização da votação no exterior.

Perfil
A maioria dos brasileiros que vivem fora do País, 169.480 pessoas, e optaram por votar em trânsito para presidente possui entre 25 e 29 anos de idade. Apenas 260 têm menos de 18 anos. Os maiores colégios eleitorais são Nova York, nos Estados Unidos, Lisboa, em Portugal, e Boston (EUA).

    Leia tudo sobre: eleições dilmaeleições serrapleito 2010TSE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG