No Ceará, Cid Gomes diz que sua missão agora é eleger Dilma

Governador reeleito afirma que vai empenhar-se mais pela presidenciável do que se empenhou na própria campanha

Lauriberto Braga, iG Ceará |

O governador reeleito do Ceará, Cid Gomes (PSB) disse hoje que "eleger Dilma Rousseff no segundo turno" é a sua missão até 31 de outubro. "Está em jogo no Brasil o futuro de uma forma de governar este País. Estará nas mãos dos brasileiros a decisão de continuar o projeto do presidente Lula ou de voltar à época de Fernando Henrique Cardoso", disse Cid em uma entrevista de rádio em Juazeiro, interior do Estado.

Cid Gomes afirmou que o Nordeste deve votar em peso em Dilma, "porque o Sul defende o outro projeto", referindo-se a José Serra (PSDB). "Não quero nem imaginar o Brasil sem Dilma presidente. Se isso acontecer vai quebrar o projeto de Lula", disse, acrescentando, porém, que não estava pregando o medo.

"Vou me empenhar muito mais neste segundo turno para Dilma que na minha própria eleição em primeiro turno". Cid Gomes encerrou a entrevista dizendo que "se o eleitor aprova o governo do Lula, vota na Dilma. Mas se acha o governo Lula ruim, vota no outro candidato (Serra)".


    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições ceeleições dilmapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG