No CE, vice tem patrimônio 9 vezes maior que de candidato

Lúcio Alcântara (PR) declarou R$ 1,4 milhões em bens, enquanto vice, Cláudio Vale (PPS), soma R$ 12,1 milhões

Lauriberto Braga, iG Ceará |

O primeiro candidato a governador do Ceará em 2010 a ser registrado pelo Tribunal Regional Eleitoral foi Lúcio Alcântara (PR). Ele declarou um patrimônio de R$ 1,4 milhões. Já o seu candidato a vice, Cláudio Vale (PPS) tem um patrimônio quase nove vezes maior: R$ 12,1 milhões.

No site do TRE ainda não foram divulgados os registros dos outros seis candidatos a governador: Marcos Cals (PSDB), Cid Gomes (PSB), Marcelo Silva (PV), Francisco das Chagas Gonzaga (PSTU), Soraia Tupinambá (PSOL) e Maria Natividade (PCB).

No patrimônio declarado por Lúcio Alcântara estão apartamentos, lojas comerciais, sítio, terreno, carro e ações. Já no patrimônio de seu vice estão aplicações, salas comerciais, terrenos, ações, veículos e uma lancha.

O único dos dez candidatos a senador até agora que tiveram seus dados divulgados pela Justiça Eleitoral é Alexandre Pereira (PPS). Tem um patrimônio de R$ 588 mil. Já sua primeira suplente, Fernanda Eneida Pessoa (PR) tem um patrimônio de R$ 1,9 milhões e seu segundo suplente, Régis Medeiros (PPS), um patrimônio de R$ 416,8 mil.

Até agora o TRE divulgou o pedido de candidaturas de um governador, um vice, um senador, dois suplentes de senador, 14 deputados federais e 68 deputados estaduais.

    Leia tudo sobre: eleições 2010cerará

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG