Não vou baixar o nível, diz Dilma sobre ataques de Serra

Após declarações de seu vice, candidato do PSDB endossou que PT é ligado às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc)

Andréia Sadi, iG Brasília |

A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, rebateu nesta segunda-feira (19) as acusações do seu adversário José Serra (PSDB) de que que o PT é  ligado às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), como havia declarado o vice do tucano ontem. Após evento do PSB, em Brasília, a petista disse que jamais esperava que o tucano recorresse a esse tipo de acusação.

"Quero dizer que eu acho impensável que a eleição em 2010 no Brasil desça a esse nível e quero adiantar que eu não descerei a esse nível. Não há quem me faça descer a esse nível", afirmou.

A fala de Serra ocorre em meio à polêmica provocada por uma entrevista concedida por Indio da Costa ao site Mobiliza, ligado à campanha tucana. No vídeo, o deputado do DEM associou o PT às Farc e ao narcotráfico. A declaração provocou reações no PT e mesmo entre partidos aliados. Nesta segunda-feira, a cúpula petista optou por acionar a Justiça contra o vice na chapa tucana.

O PT anunciou nesta segunda-feira (19) que entrará com ações contra o PSDB e Indio da Costa.

"Todo mundo sabe que o PT é ligado às Farc, ligado ao narcotráfico, ligado ao que há de pior. Não tenho dúvida nenhuma disso", afirmou Indio. O presidente do PT, José Eduardo Dutra, disse que as acusações são "gravíssimas".

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG