Nanicos arrecadam R$ 80 mil e gastam R$ 27 mil

PCB e PCO declararam zero de arrecadação em suas prestações parciais de contas

Severino Motta, iG Brasília |

Os partidos nanicos declararam ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma arrecadação de R$ 80 mil. Quem mais obteve recursos foi o candidato do PSol, Plínio de Arruda Sampaio, que conseguiu angariar R$ 39,6 mil, dos quais declarou gastos de R$ 1 mil. O PCO, de Rui Costa Pimenta, e o PCB, de Ivan Pinheiro, apresentaram zero de arrecadação à Justiça.

Nos dados enviado ao TSE, José Maria Eymael (PSDC) declarou ter recebido R$ 25 mil e gasto R$ 21 mil. Levy Fidelix (PRTB) conseguiu levantar R$ 10,5 mil e usou R$ 3 mil. Zé Maria, do PSTU, declarou o recebimento de R$ 4,9 mil e gastos de R$ 1,9 mil.

    Leia tudo sobre: eleiçõesnanicosarrecadação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG