Na última caminhada, Serra diz que a 'partida será jogada amanhã'

Candidato do PSDB à Presidência da República recorre às metáforas futebolísticas para dizer que a eleição ainda não está decidida

Rodrigo Rodrigues, iG São Paulo |

O candidato do PSDB à Presidência da República realizou sua última atividade oficial de campanha na tarde deste sábado na cidade de Suzano, na Grande São Paulo, e investiu nas metáforas futebolísticas para dizer que a eleição ainda não está decidida.

Agência Estado
Serra encerrou a campanha em Suzano
A caminhada realizada no centro da cidade durou 30 minutos. Ao final do encontro com a militância, Serra disse não acreditar numa virada, porque eleição não pode ser comparada a um campeonato de futebol. "É uma partida que só se joga amanhã, com começo meio e fim. E é o eleitor quem decide", avaliou o candidato, ao estilo do presidente Lula, que adora as metáforas envolvendo futebol e é o principal cabo eleitoral de Dilma Rousseff (PT).

Serra também disse que o atual governo já está cansado e desgastado, sugerindo que a alternância de poder é a melhor opção para a democracia brasileira. "Acho que é uma boa hora para haver troca de equipe para ter alternância de poder. Você tem uma equipe muito cansada, consumida pelos vícios e pelo tempo prolongado no poder. Se entrar uma equipe nova, com pilha nova e ideias novas, nós vamos poder levar o Brasil para adiante."

Por conta da caminhada ter sido a última atividade de campanha,  Serra se recusou a responder perguntas mais espinhosas, como a denúncia, publicada hoje na Folha de S.Paulo , de que a mãe do ex-presidente da Dersa, Paulo Vieira de Souza, teria prestado serviços nas obras de construção do Rodoanel de São Paulo. Serra disse que que não tinha lido o jornal e afirmou que não iria falar sobre "tititi político" no último dia de campanha.

O presidenciável do PSDB esteve em Suzano acompanhado do governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Perguntado sobre o motivo do partido não ter preparado uma festa para uma eventual vitória de Serra neste domingo, Alckmin disse apenas que o partido quer evitar o clima de "já ganhou" e está agindo com muita "humildade".

Guerra de sons

A cidade onde Serra escolheu para encerrar as atividades de campanha tem 186 mil eleitores. No primeiro turno a candidata do PT, Dilma Rousseff, venceu o tucano com 40% das intenções de voto contra 37%. Suzano está localizada na região do Alto Tietê, onde se concentram outras 10 cidades e contam com mais de 2 milhões de eleitores.

Rodrigo Rodrigues/iG
Carro com foto do presidente Lula, que tem apenas quatro dedos em uma das mãos, fazendo campanha para Serra
Antes da chegada de Serra em Suzano, um duelo de carros de som era travado no centro da cidade. Enquanto cabos eleitorais de Serra chacoalhavam bandeiras na Praça dos Expedicionários, local do início da caminhada, a menos de um quilômetro dali, cabos eleitorais de Dilma se concentravam na distribuição de panfletos e adesivos.

Vários carros de som e trios elétricos de ambos os candidatos circulavam pelas ruas do Centro tocando os jingles da campanha. A reportagem do iG contou pelo menos dez veículos diferentes tocando as músicas dos candidatos em volume altíssimo. Além dos carros de som, um véículo usava foto do presidente Lula, fazendo campanha para Serra.

Serra esteve em Suzano também no primeiro turno, quatro dias antes da votação. Toda a região do Alto Tietê é considerada estratégica para o mapa político no Estado de São Paulo. Questionado sobre o motivo de ter escolhido a região para terminar a campanha eleitoral, Serra usou mais uma vez a ironia dizendo que "era preciso terminar em algum lugar", justificando que também gosta do local.

Demonstrando cansaço, o candidato tucano parou a entrevista coletiva três vezes para repetir respostas que já tinha dado em outras entrevistas. O candidato também afirmou que "o Brasil não é um País pronto como, às vezes, a propaganda adversária faz crer", afirmou.

Rodrigo Rodrigues/iG
Além dos carros de som de Serra, que fez caminhada em Suzano, na grande SP, carros de som da candidata Dilma Rousseff circularam pela cidade durante toda a tarde

    Leia tudo sobre: eleiçõeseleições serrapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG