Na TV, Serra faz críticas à área de Saúde no governo Lula

Programa do tucano no horário eleitoral diz que 'Dilma ficou sete anos no governo e não fez nada pela Saúde'

Ana Paula Prado, iG São Paulo |

O programa eleitoral no horário gratuito na TV do candidato à Presidência pelo PSDB, José Serra, destacou, ao final de sua veiculação, uma atriz “alertando” que o programa de TV de Dilma Rousseff (PT) apresentou a inauguração de um hospital infantil no interior da Bahia, mas que “Dilma ficou sete anos no governo e não fez nada pela Saúde”. Em seguida, começaram a ser veiculadas imagens e depoimentos de populares sobre hospitais federais abandonados ou em situação precária em alguns locais do País, como Rio de Janeiro, Recife (PE), Imperatriz (MA), Aracaju (SE), Salvador (BA).


No restante de seu programa, Serra focou em propostas para as mulheres, “hoje, maioria da população”, disse. O tucano mostrou depoimentos de mulheres que se beneficiaram de seus projetos como ministro da Saúde do governo FHC: Bolsa Alimentação – que diz ter sido a origem do Bolsa Família -, Profae (cursos profissionalizantes de auxiliar de enfermagem) e mutirões de cirurgia contra o câncer de mama, que diz terem sido descontinuados no governo Lula. Ao final da peça, Serra afirma que não só vai continuar o projeto de transferência de renda Bolsa Família, implantado no governo Lula, como vai ampliá-lo.

Dilma Rousseff, do PT, também dedicou grande parte de seu programa a apresentar projetos para a área da Saúde. Destacou ações do governo Lula, tais como Policlínicas, Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Brasil Sorridente e Farmácia Popular, e disse que pretende solidificar o Sistema Único de Saúde, além de mostrar imagens de sua visita à inauguração de um hospital infantil no interior da Bahia, fato mais tarde mencionado no programa de Serra.

Marina Silva (PV) também focou seu programa no tema saúde, contando sua experiência como ex-doente que fez uso do Sistema Único Saúde (SUS) e conhece a precariedade do sistema. Marina continua seu discurso dizendo que pretende, uma vez eleita, investir em projetos que fortaleçam o primeiro atendimento aos doentes como forma de prevenir problemas futuros e também na formação de agentes comunitários de saúde.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG