Na TV, Serra fala sobre crack, Dilma aborda agricultura

No horário eleitoral gratuito, tucano e petista mantêm troca de acusações sobre privatizações

iG São Paulo |

O candidato à Presidência pelo PSDB, José Serra , manteve no programa da noite desta segunda-feira as acusações veiculados no programa eleitoral gratuito desta tarde, no qual afirmou que a adversária petista Dilma Roussef f e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva “privatizaram mais áreas de petróleo que todos os governos anteriores”. “Dilma entregou nosso petróleo”, disse a voz de um locutor.

O programa do PSDB também voltou a abordar o crack como plataforma de governo. Os tucanos convocaram personagens que seriam usuários da droga para dar seu depoimento sobre o vício, além de especialistas, que explicaram como funciona a substância. Serra reforçou promessas de campanha, como o maior policiamento das fronteiras.

Os petistas citaram benefícios do governo Lula, como o Pronaf, o seguro agrícola e o crédito para a compra de maquinário, além do Programa Luz Para Todos, que levou a luz elétrica ao campo. De acordo com o programa, os incentivos não existiam ou eram insuficientes no governo FHC.

Dilma exibiu ainda reportagem em que o ex-candidato do PSDB ao governo do Espírito Santo, Luiz Paulo Velloso Lucas, teria afirmado que o Brasil, sozinho, não teria como explorar o pré-sal. “Precisa dizer mais alguma coisa?”, afirmava a propaganda. O PT abriu o horário ainda anunciando que aquele era o programa de Dilma, a presidente que não deixaria o pré-sal ou a Petrobras serem privatizados.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG