Na TV, Serra explora confronto e Dilma, privatizações

Tucano ganha direito de resposta no programa petista e PT repete horário exibido ontem à noite

Daniela Almeida, iG São Paulo |

A campanha do candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra , veiculou no programa eleitoral gratuito desta tarde o confronto entre militantes tucanos e petistas, ocorrido ontem, no Rio de Janeiro. Por determinação do TSE, o PT apresentou em seu espaço o direito de resposta às acusações envolvendo as privatizações tucanas, porém, continuou a destacar o tema. Outro destaque do programa petista foi a declaração de artistas, que foram novamente exibidas.

As cenas do confronto entre militantes dos presidenciáveis deram o tom da edição desta tarde do programa tucano. Além de mostrar o ocorrido com Serra, o programa também usou imagens de um comício no qual o ex-governador de São Paulo, Mário Covas, enfrentou o mesmo tipo de problema. “Os brasileiros demoraram muito para reconquistar a democracia. (...) Por isso, é inaceitável o que aconteceu nesta quarta-feira”, disse um locutor.

O direito de resposta do PSDB, exibido no programa petista, contestou a acusação envolvendo as privatizações da gestão estadual de Serra e do governo FHC, entre elas a participação direta do tucano na negociação da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). “A CSN foi privatizada no governo Itamar Franco. O Serra era deputado nesta época”, afirmou a apresentadora do PSDB.

O horário petista basicamente veiculou uma reedição do programa exibido na noite desta quarta-feira. Sob o tema das privatizações, o partido voltou a reforçar que Serra e FHC teriam vendido a Vale, Telebrás e Light. “Juntos, eles venderam dezenas de empresas brasileiras. E agora eles tentam voltar”, afirmou um locutor. “O risco de Serra privatizar a Petrobras e o pré-sal e de descontinuar programas do governo Lula está muito presente no dia a dia brasileiro.”

O evento, ocorrido nesta segunda-feira, em que vários artistas declararam apoio à candidatura de Dilma Rousseff foi mais uma vez usado no programa petista. Depoimentos como o do cantor Chico Buarque, do cartunista Ziraldo, do cineasta Luiz Carlos Barreto, da cantora Beth Carvalho, do cantor Alceu Valença e do ator Osmar Prado foram mostrados no programa petista. “Voto na Dilma porque conheço o Zé Serra há 30 anos e sei o mal que ele pode causar”, alfinetou o escritor Fernando Moraes.

    Leia tudo sobre: eleições dilmaeleições serrapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG