Na TV, Serra ataca o MST e Dilma volta às privatizações de FHC

Voltando ao discurso religioso, Serra exibe o depoimento de pastores como Silas Malafaia e José Wellington Bezerra

iG São Paulo |

nullNo dia mundial da alimentação, os dois candidatos à presidência da República usaram o tema para construir propostas de governo e atacar um ao outro. Enquanto Serra usou o mote da alimentação para falar sobre as políticas para pequenos produtores rurais e prometer "o campo em paz, sem bonés e conflitos com o MST", Dilma aproveitou o tema para falar sobre os avanços do Bolsa Família.
Listando as conquistas sociais do governo Lula e comparando elas com as realizações do governo tucano de FHC, o programa da petista prometeu continuar os projetos e exibiu depoimentos emocionados de usuários desses programas sociais.
O programa de Dilma também abusou da exibição das imagens do presidente Lula e veiculou um depoimento onde o próprio presidente afirma que “é hora de decidir entre o governo que estava dando errado e o Brasil que Dilma vai continuar”, disse Lula.
nullSerra, por sua vez, voltou a associar a candidata petista ao escândalo Erenice Guerra, dizendo que “a amiga da Dilma deixou até o presidente Lula em maus lençóis”. O tucano também abusou o discurso religioso, mostrando depoimento até do pastor Silas Malafaia, da igreja Assembléia de Deus Vitória em Cristo, e do pastor José Wellington Bezerra, da Assembleia de Deus.
Tentando se aproximar dos eleitores de Marina Silva, Serra também mostrou a declaração de voto de Ilzamar Mendes, viúva do seringueiro Chico Mendes, amigo de Marina que foi assassinado no Acre em nome das causas ambientais.
Em busca dos votos de Minas Gerais, o ex-governador de São Paulo também mostrou cenas do ato de prefeitos mineiros desta semana, exibindo depoimentos de apoio de Itamar Franco, Antonio Anastasia e Aécio Neves.
Por sua vez, Dilma voltou a falar sobre as privatização dos governo de FHC e prometeu erradicar a miséria no Brasil até o fim do seu mandato.

    Leia tudo sobre: pleito 2010eleições dilmaeleições serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG