Na TV, Serra acusa Dilma e Lula de privatizar petróleo

No horário eleitoral, programa do tucano diz que petista e presidente `privatizaram mais áreas de petróleo que todos os governos'

iG São Paulo |

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra , abriu seu programa de hoje no horário eleitoral gratuito na televisão com acusações de que a adversária petista Dilma Rousseff e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva “privatizaram mais áreas de petróleo que todos os governos anteriores”. “Dilma entregou nosso petróleo”, dizia a mensagem da propaganda tucana.

Após as acusações, Serra focou o programa no público jovem, mostrando centros da juventude, museus, eventos culturais e postos de internet gratuita implantados em São Paulo. “Quero fazer um governo amigo do jovem brasileiro”, disse Serra, que falou também sobre o combate às drogas e a proposta de criação do Ministério da Segurança e da Guarda Nacional.

Já o programa de Dilma Rousseff acusou o adversário tucano de “não honrar os compromissos”, uma referência ao fato de José Serra ter registrado em cartório que não abandonaria o mandato na prefeitura de São Paulo e ter, dois anos depois, deixado o cargo para concorrer ao governo do Estado.

A propaganda de Dilma também disse que um novo governo tucano seria “um retrocesso” e que o povo brasileiro não quer a volta de um “passado de privatizações”. “É o que eles farão não só com o pré-sal (privatização), mas também com a Petrobras”, acusou a petista.

A ex-ministra apresentou, ainda, o apoio de artistas e intelectuais brasileiros à sua candidatura em evento ocorrido no Rio de Janeiro, além dos depoimentos do presidente Lula e do vice, José Alencar.

    Leia tudo sobre: eleições serraeleições dilmapleito 2010

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG