Na ofensiva contra o governador, candidatos voltam a mostrar imagens de tiroteio em São Conrado e de problemas no transporte

Candidatos ao governo do Rio de Janeiro aumentaram nesta sexta-feira (27) as críticas na propaganda gratuita na TV contra o governado Sérgio Cabral (PMDB), que tenta a reeleição.

Fernando Gabeira (PV) exibiu um vídeo em que Cabral xinga um jovem de 'ótario', durante uma visita que ele fez ao lado do presidente Lula ao Complexo de Manguinhos, na zona norte. Já Fernado Peregrino (PR) mostrou imagens do tiroteio no último sábado (21) em São Conrado, na zona sul. Segurança, saúde e transportes também foram de críticas dos adversários de Cabral.

O programa de Fernando Gabeira começou com as imagens registradas por um jovem, que se apresentou como Leandro, em que Cabral o xinga de "otário" e "sacana" enquanto ele reclamava do barulho do "caveirão", carro blindado da Polícia Militar, na rua em que ele mora, em Manguinhos. Ao perguntar se na rua não havia tráfico de drogas e ouvir uma reposta negativa do rapaz, Cabral respondeu: "Deixa de ser otário, está fazendo discurso de otário".

Os verdes ainda chamaram a atenção para uma entrevista que o governador concedeu nesta quinta-feira (26), em que Cabral afirmou que não deve desculpas para o jovem e que o perdoava pela abordagem, por considerar que o estudante havia sido manipulado. Gabeira volta a fazer críticas ao atendimento no saúde do Rio, acusando superfaturamento nas compras da Secretaria Estadual de Saúde e denunciando, por meio de depoimento de pacientes, o atendimento nas UPAs.

O programa do governador Sérgio Cabral foi dedicado exclusivamente às ações de sua gestão na área da saúde. Além de afirmar que as UPAs melhoraram o atendimento no Estado, Cabral mostrou obras concluídas no seu governo e destacou a parceria que mantém com o governo federal e a prefeitura do Rio de Janeiro.

Assim como os adversários, o programa do governador também contou com depoimentos de pacientes que utilizam as unidades da rede, todos elogiando o atendimento.

Fernando Peregrino, PR, voltou a exibir imagens do tiroteio  entre policiais e bandidos em São Conrado, no sábado (21), em que 35 pessoas foram feitas reféns em um hotel de luxo no bairro. O candidato criticou o transporte público no Rio e o Bilhete Único. Prometeu reduzir a tarifa do benefício de R$ 4,40 para R$ 2,50, além de ampliar o tempo de viagem de duas para três horas.

Cyro Garcia (PSTU) foi outro candidato que explorou as imagens do tiroteio em São Conrado em seu programa de TV. Além de criticar as ações de segurança do governo de Sérgio Cabral, propôs eleições populares para a escolha de delegados no Estado e descriminalização das drogas, caso seja eleito.

Eduardo Serra (PCB) também falou sobre segurança. Além de apresentar propostas para a área, como a uniformização da Polícia Civil, o candidato prometeu vincular as ações de segurança com políticas sociais, se vencer as eleições de outubro.

Jefferson Moura (PSOL) mirou as críticas na área de transportes e falou ainda sobre a segurança no Estado também.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.