Na Bahia, Lula recebe honraria estadual e evita polêmicas

Cauteloso, o presidente evitou qualquer menção de cunho político-partidário devido à base rachada da candidata petista na região

Aura Henrique, iG Bahia |

Em clima morno e afastado de polêmicas eleitorais, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva cumpriu agenda oficial na Bahia nesta quinta-feira (22). Em Salvador, Lula recebeu das mãos do governador do Estado, Jaques Wagner (PT), candidato à reeleição, a Comenda Grã-Cruz de Ordem Dois de Julho – Libertadores da Bahia.

AE
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva vem a primeira a vez a Bahia depois do início oficial da campanha presidencial
Muito cauteloso, o presidente evitou qualquer menção de cunho político-partidário, já que sua candidata à sucessão presidencial, Dilma Rousseff (PT), tem a base rachada e um segundo palanque no Estado, encabeçado por Geddel Vieira Lima (PMDB), ex-ministro da Integração Nacional do governo Lula.

Em seu discurso, que durou cerca de 50 minutos, Lula disse que a comenda representa o fim da rivalidade histórica entre os Estados da Bahia e Pernambuco, que após “muito tempo de pendengas” regionais por disputa de poder político, acabaram optando pela reconciliação.

O presidente, que é pernambucano, afirmou ainda que o recebimento da honraria sela, enfim, a união dos Estados vizinhos. A pesar disso, é crítica recorrente dos principais opositores de Wagner na Bahia a perda do “protagonismo” do Estado frente Pernambuco na conquista de apoio do Governo Federal.
Na manhã desta sexta-feira (23), o presidente estará em Feira de Santana, a 100km da capital, para participar do 2º Congresso Nacional da Agricultura Familiar e inaugurar 400 unidades do programa Minha Casa Minha Vida. Jaques Wagner, entretanto, está impedido pela Lei Eleitoral de participar dos eventos, uma vez que concorre à reeleição no pleito deste ano.

Na tarde do mesmo dia, o governador participa de caminhada também em Feira de Santana. O coordenador da campanha petista, Luiz Caetano, informou, contudo, que no momento do evento Lula já terá partido para outros compromissos fora do Estado.

*Colaborou Gusmão Neto

    Leia tudo sobre: LulaDilma Rousseffcampanha eleitoralBahia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG