Na Bahia, comitê feminino aproxima Geddel à figura de Dilma

Candidato do PMDB ao governo do Estado busca votos das mulheres, que correspondem hoje a 51% do eleitorado local

Aura Henrique, iG Bahia |

De olho nos votos das mulheres, que correspondem hoje a 51% do eleitorado baiano, o candidato ao governo pela coligação ‘A Bahia tem pressa’, Geddel Vieira Lima, lançou, nesta quarta-feira em Salvador, a versão feminina de seu comitê, intitulada ‘Força da Mulher, Força do Coração’.

O candidato nega que o apelo feminino sirva para aproximá-lo à figura da presidenciável petista Dilma Roussef, à qual o peemedebista dá o segundo palanque no Estado. “Tudo é feito para alavancar minha candidatura, mas não tem nada a ver com Dilma”, garantiu. Para a esposa de Geddel, que coordena o comitê feminino, Alessandra Vieira Lima, “o voto feminino vai decidir a eleição”.

Entre as atividades do comitê está a elaboração de um projeto especial com propostas de governo com foco no público feminino. A ideia é apresentá-las caso Geddel se eleja. O ‘Força da Mulher’ é uma criação das esposas dos candidatos da chapa majoritária da coligação. Além delas, amigas e voluntárias simpáticas ao movimento também participam.

    Leia tudo sobre: eleições bageddeldilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG