TRE-CE cassou registro de prefeito e vice-prefeito por condenação por compra de votos

Os eleitores de Santa Quitéria, na região norte do Ceará, vão eleger, ainda este ano, prefeito e vice do município. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou os mandatos do prefeito Francisco das Chagas Magalhães Mesquita e do vice-prefeito, Eduardo Sobral Monte e Silva, eleitos em 2008. Os juízes do TRE julgaram procedente uma ação de impugnação de mandato eletivo.

Pela ação, eles foram condenados por compra de votos com apreensão de dinheiro. A votação pela cassação foi de cinco a um. Além de perderem os mandatos Francisco das Chagas e Eduardo Sobral foram declarados inelegíveis por oito anos. A Justiça Eleitoral ordenou a posse imediata do presidente da Câmara Municipal como prefeito, até que se realize nova eleição e os eleitos sejam empossados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.