Mulheres não atingem metas do TRE no Acre

Legislação Eleitoral fixa percentual de 30% de candidatas, mas Estado registra pouco mais de 19%

Nayanne Santana, iG Acre e Rondônia |

O Acre é um dos estados brasileiros que não atingiu a meta de 30% dos candidatos às eleições de outubro inscritos serem mulheres. Com base nos dados divulgados no site do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE) pouco mais de 19% dos candidatos são mulheres.

O juiz eleitoral Romário Divino, em entrevista, afirmou que a Justiça precisa ser provocada a agir, mas como chegou o fim dos prazos sem que nenhuma ação fosse tomada, a quantidade de políticos não poderá ser mais alterada.

No Estado foram registradas 387 candidaturas a Deputado Estadual, desse total, apenas 76 são mulheres. Para o cargo de Deputado Federal foram registradas 45 candidaturas em todo o Acre, mas apenas 10 candidatos são mulheres.

Nas inserções partidárias as poucas candidatas que aparecem ao pedir o voto do eleitor destacam a força e coragem feminina diante de desafios. Outro grupo populacional que tem poucos representantes são os indígenas, apenas um candidato apresenta-se com o nome da etnia do qual faz parte.

Os homossexuais também têm sido pouco lembrado na campanha deste ano. Nas inserções veiculadas até o momento não apareceu nenhum candidato que se posicionou contra a homofobia ou que apresentou proposta para essa parcela de eleitores.

    Leia tudo sobre: eleições acmulheres actre achomofobia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG