Morte de ex-prefeito é tema político em Goiânia

Nerivaldo Costa, ex-prefeito e diretor do DETRAN, morreu hoje; governador de Goiás lamenta fato em nota oficial

Rodrigo Viana, iG Goiás |

Um dia depois de a campanha esquentar com o comício do presidente Lula, da presidenciável Dilma Rousseff (PT) e do candidato ao governo de Goiás Iris Rezende (PMDB), em Goiânia, os políticos acalmaram os ânimos após a morte do ex-prefeito e presidente do DETRAN-GO, Nerivaldo Costa, aos 67 anos, nesta quarta-feira.

O corpo de Nerivaldo Costa está sendo velado na Assembleia Legislativa do Estado e seguirá amanhã para Quirinópolis, no Sudoeste do Estado, onde foi prefeito. Nerivaldo morreu esta manhã após uma parada cardíaca. Ele estava internado no Hospital São Salvador desde a semana passada, com problemas pulmonares.

Com a morte de Nerivaldo, políticos, principalmente do governo Estadual, decidiram não comentar o comício de ontem em Goiânia. Do alto do palanque, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma discursaram, criticaram Marconi Perillo (PSDB) e sua legenda, cujo opositor à candidata petista é José Serra, ex-governador de São Paulo.

“Homem público exemplar”

Em nota divulgada hoje, o governador Alcides Rodrigues (PP) afirmou que Nerivaldo era "uma pessoa de grande valor, que conquistou o respeito de todos como pai de família honrado, cidadão de bem e homem público exemplar nos diversos cargos que ocupou."

Nerivaldo já foi diretor financeiro da Celg e do Ipasgo, presidente da Assembleia Legislativa e deputado estadual por duas vezes. Além disso, os candidatos também se preparam para o debate promovido pela Rádio CBN e jornal O Popular , que acontece amanhã às 9h30.

    Leia tudo sobre: eleições gonerivaldo goiris gomarconi goalcides go

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG