Mesmo sob chuva, Serra faz caminhada em Presidente Prudente

Candidato cumpre agenda embaixo de chuva na reta final da campanha até o primeiro turno

Nara Alves, enviada a Presidente Prudente |

Na reta final do primeiro turno, o candidato do PSDB à Presidência, José Serra , não abriu mão de cumprir sua agenda em Presidente Prudente (SP), a cerca de 600 quilômetros da capital. Sob forte chuva, o avião que levou o candidato pousou por instrumentos no aeroporto da cidade e o candidato teve de usar um guarda-chuva para caminhar pelo centro comercial. Ele não quis comentar as declarações da candidata Marina Silva (PV), que disse hoje que Serra “intimida a imprensa”.

Quanto perguntado como está se preparando até o dia da eleição, Serra respondeu que se prepara com trabalho e “teimando”. “Eu vim hoje a Presidente Prudente por pura teimosia porque, quando saímos de São Paulo, o aeroporto estava fechado e eu falei: ‘vamos para lá’”. Em tom de brincadeira, o candidato disse não ser “um ás da coragem em matéria de avião”, mas decidiu manter o roteiro da campanha e encontrou com lideranças políticas locais no aeroporto.

Em conversa com as lideranças, Serra frisou que “a campanha está indo bem nesta reta final, indo bem mesmo”. Ele pediu que os correligionários fizessem propaganda das ações do PSDB nos municípios porque “os outros” (candidatos) não fizeram nada pelos municípios. Serra disse também que ainda há muitos eleitores indecisos que precisam ser convencidos do voto.

Saúde

José Serra voltou a defender um reajuste na tabela do SUS que, segundo ele, prejudicam as Santas Casas. O candidato também pregou o fim da guerra fiscal e o entendimento a partir de mudanças tributárias com foco na Saúde. Questionado se seria favorável à volta da CPMF, serra evitou responder e defendeu que seja cumprido um investimento mínimo para a Saúde.

    Leia tudo sobre: pleito 2010eleições serra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG