Mesmo com quebra de acordo, PP vai apoiar Yeda no RS

Partido Progressita aprovou apoio à candidata do PSDB após perder vaga de candidato a vice para o PPS de Berfran Rosado

Alexandre Haubrich, iG Porto Alegre |

O PP aprovou nesta segunda-feira o apoio à candidata do PSDB à reeleição ao governo do estado, Yeda Crusius, mesmo tendo perdido a vaga de candidato a vice para o PPS na reta final. O deputado federal Vilson Covati (PP) foi contra, afirmando que a base do partido não queria a aliança, mas os membros do diretório estadual aprovaram o apoio.

Após a coligação ser aprovada, em maio, em um formato que previa um vice do PP, o presidente estadual do partido, Pedro Bertolucci, fez novo acordo com o PSDB. Pela nova formatação da chapa, Ana Amélia Lemos (PP) será a única candidata da coligação ao Senado, e o candidato a vice será o deputado estadual Berfran Rosado, do PPS.

A mudança, acertada sem consultar as bases, irritou Covatti, fortemente cotado para vice de Yeda, o que causou um racha no partido. Ainda assim, a coligação com os tucanos foi aprovada na reunião do diretório estadual. A governadora fechou com Rosado, presidente estadual do PPS, após oscilar entre diversos possíveis nomes do PP. Em 2008, Rosado também foi candidato a vice, na chapa de Manuela D’Ávila, do PC do B.

    Leia tudo sobre: rio grande do sulyeda crusiusberfran rosadopppps

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG