Mercadante promete negociação 'imediata' de pedágio

Candidato petista afirmou em Guarulhos que pretende estender prazo das concessões e baixar tarifas

Agência Estado |

O candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante, prometeu neste sábado que, se eleito, terá entre seus primeiros atos a renegociação das tarifas de pedágio das estradas do Estado. "Vamos imediatamente sentar e negociar. Vamos estender o prazo das concessões e baixar as tarifas", prometeu ele, em discurso a cerca de cem militantes reunidos para uma caminhada no centro de Guarulhos, na Grande capital paulista.

O petista criticou a gestão do ex-governador José Serra, candidato a presidente pelo PSDB, à frente do Estado e de outros tucanos que governaram São Paulo. "As obras do governo Lula você abre a janela e vê. As obras do PSDB você vê na televisão", disse Mercadante.

O candidato reclamou da falta de parceria entre o governo estadual e o federal na área da saúde. De acordo com Mercadante, o Estado deixa de contribuir com recursos para iniciativas do governo federal como as Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Acompanham Mercadante na caminhada os candidatos ao Senado Marta Suplicy e Netinho de Paula (PCdoB), o senador Eduardo Suplicy e o prefeito de Guarulhos, Sebastião de Almeida, entre outras lideranças locais do partido.

    Leia tudo sobre: eleiçõesmercadantepedágios

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG