Mercadante lança plano de governo a uma semana da eleição

Diretrizes, que resumem propostas já feitas na campanha, foram apresentadas em evento esvaziado de outros candidatos em SP

Matheus Pichonelli, iG São Paulo |

A pouco mais de uma semana para as eleições, o senador Aloizio Mercadante (PT) lançou nesta quinta-feira à noite as 13 diretrizes que compõem seu programa de governo na disputa pela sucessão em São Paulo. Na apresentação do programa, o candidato petista apenas resumiu algumas das principais ideias que tem falado desde o início da campanha, com críticas ao que chama de abuso dos pedágios e a promessa de acabar com a progressão continuada nas escolas.

O evento reuniu representantes de entidades e movimentos populares no Palácio dos Trabalhadores, da Força Sindical, no centro da capital paulista. O comando da candidatura estava representado apenas pelo prefeito de Osasco, Emídio de Souza (PT), coordenador da campanha de Mercadante. Nem mesmo o candidato a vice na chapa, Coca Ferraz (PDT), e os candidatos ao Senado, Marta Suplicy (PT) e Netinho de Paula (PC do B) prestigiaram o lançamento. Coca tem percorridos o interior do Estado para divulgar a candidatura do petista. No dia do lançamento do programa, por exemplo, ele percorria cidades do Vale do Ribeira. 

As propostas foram reunidas em 13 encartes com os temas “desenvolvimento econômico”, “desenvolvimento regional”, “preservação ambiental e sustentabilidade”, “educação”, “segurança pública”, “transporte”, “saúde”, “infraestrutura urbana”, “promoção da cidadania”, “juventude”, igualdade para mulheres”, “igualdade racial” e “democracia e controle social”.

Após a apresentação, o senador admitiu que, do ponto de vista eleitoral, o ideal seria que o programa tivesse sido concluído antes. “Seria muito melhor. Mas é um processo muito grande, com mais de 40 grupos de trabalho. Fizemos várias conferências temáticas”, disse o senador, em refer¿ncia aos encontros promovidos pelo partido para que fossem discutidos os temas ao longo da campanha. “No programa de TV estamos sempre colocando as principais diretrizes”, afirmou.

Mercadante lembrou, após a apresentação, que o principal adversário, Geraldo Alckmin (PSDB), favorito para vencer as eleições no primeiro turno, ainda não lançou seu programa de governo. “O programa é uma forma de você sistematizar seus compromissos, diretrizes e prioridades. Como é um instrumento de cobrança de população, eles nunca deram importância. (…) E eu quero deixar registrado, de forma transparente, quais são meus compromissos.”

Pesquisas

Em relação à última pesquisa Datafolha, que apontou cenário estável na disputa estadual – 51% para Alckmin e 23% para Mercadante – o petista afirmou que mantém a confiança. “Vamos aguardar outras pesquisas. Tenho absoluta convicção do que estou sentindo nas ruas, que é meu crescimento e a queda do meu principal adversário”, afirmou.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG